IGNOTI NULLA CUPIDO – "Ninguém ama o que não conhece". (Ovídio – poeta romano)

Tag Archives: minha vontade

“ Por que isso está acontecendo comigo?”
Em vez de perguntar “Por quê?” se pergunte “para quê?”
blog7

“Meu filho, se entrares para o serviço de Deus, permanece firme na justiça e no temor, e prepara a tua alma para a provação; humilha teu coração, espera com paciência, dá ouvidos e acolhe as palavras de sabedoria; não te perturbes no tempo da infelicidade, sofre as demoras de Deus; dedica-te a Deus, espera com paciência, a fim de que no derradeiro momento tua vida se enriqueça. Aceita tudo o que te acontecer. Na dor, permanece firme; na humilhação, tem paciência. Pois é pelo fogo que se experimentam o ouro e a prata, e os homens agradáveis a Deus, pelo cadinho da humilhação.” (Eclo 2:1-5)

Paciência, eis uma virtude que muitos de nós, cristãos, não conseguimos desenvolver, pelo menos não totalmente. Reclamamos com Deus pelo fato de que as coisas não acontecem do jeito que queremos ou na hora que desejamos. Queremos, em muitos casos, que tudo aconteça no nosso próprio tempo, e quando não acontece pensamos logo que Deus nos abandonou, ficamos bravos e viramos as costas para Ele, como que numa vingança por Ele ter “virado as costas para nós”. O engraçado é que nessa gana por querer que tudo seja do nosso jeito e no nosso tempo, nunca paramos para nos perguntar “será que era mesmo para ser agora?” ou “será que de fato eu preciso disso?”. Nunca paramos para refletir o exemplo que Nosso Senhor Jesus Cristo nos deixou, quando, diante da suprema angústia, sabendo que morreria de uma morte violenta e torturante, em oração disse “Pai, se queres, afasta de mim este cálice! Contudo, não a minha vontade, mas a Tua seja feita” (São Lucas 22:42). Através dessa oração Jesus nos mostra qual deve ser o nosso agir diante do que Deus quer para nós. Mesmo com medo, a ponto de suar sangue, mesmo diante do desejo de não passar por aquela situação, Jesus foi obediente até o fim, pois sabia em Seu coração que todo aquele sofrimento O conduziria para a glória e traria a salvação para todos aqueles que Ele amava. Mesmo diante desse exemplo, teimamos em terminar a nossa própria oração no primeiro ponto de exclamação.

blog2

Não se pode chegar ao objetivo sem antes concluir as etapas que o precedem; para todo destino a um caminho a ser percorrido e este caminho sempre passa por etapas tortuosas ou por um deserto escaldante. E é aí que, quando em nossos corações descrentes perdemos a esperança, paramos no meio do caminho e olhamos para trás, pensando que nunca deveríamos ter saído do conforto em que nos encontrávamos antes. Muitos de nós pensamos assim, e isso nos faz esquecer que devemos confiar em Deus, sofrer Suas demoras e olhar sempre para frente para perceber que, em determinado momento da caminhada, lá longe, na linha do horizonte, surge um oásis preparado por Ele especialmente para nós. Ora, Israel, o povo eleito de Deus, depois de ser liberto da escravidão precisou caminhar 40 anos no deserto para chegar à Terra Prometida; Jesus teve que ser flagelado, coroado com espinhos, precisou caminhar um caminho enorme com uma cruz pesadíssima nas costas, ter suas mãos e pés perfurados por cravos, ficar pendurado por três horas em uma cruz e ter Seu coração transpassado por uma lança para que pudesse ser glorificado e nos conceder a graça da salvação (sim, Ele sofreu tudo isso por nós e não por Ele próprio), enquanto que nós estamos aqui reclamando que sofremos demais e que Deus nos esquece.

Realmente há uma dúvida muito grande do porquê de Deus permitir que soframos, e essa pergunta não pode ser respondida por blog3nenhum homem. Só Deus sabe o motivo! Talvez toda essa dor nos amadureça, talvez ela nos fortaleça e nos prepare para a recompensa, quem sabe? O que devemos mesmo fazer é confiar que em nada Deus nos decepciona, basta que confiemos n’Ele, afinal “quem foi abandonado após ter perseverado em seus mandamentos? Quem é aquele cuja oração foi desprezada”? (Eclo 2:12)

Deixemos que Deus nos prove no fogo, tal qual o ouro, para que possamos brilhar e assim refletir a luz que vem de Cristo, Nosso Senhor e Salvador. Saibamos esperar o tempo de Deus, pois nenhuma espera é inútil, pois nosso Criador sempre prepara muitas lições para que aprendamos grandes e valiosas lições no caminho.

maria-menino-jesus

“Fiquem com Deus e que Maria os guie pelo caminho que leva a Jesus”



%d bloggers like this: